Author: .
•3/31/2012
Olá pessoas!!! Antes de mais nada... o maridinho vai muito bem obrigada, novinho em folha, graças a Deus, obrigada pelas oraçoes, pensamentos positivos e palavras de carinho!!!
Bom, entrando no clima do titulo, hoje vou falar um pouco de como é a experiência de trabalhar aqui no Canadá... claro que vou falar com base nas nossas experiências, o que não quer dizer necessariamente que seja uma verdade absoluta... 
Bem, trabalhar em um outro país é sem nenhuma dúvida uma experiência muito rica e válida e tem enriquecido não só nossos currículos mas também nossas vidas pessoais, no início como qualquer início é um pouco árduo, se adaptar com os procedimentos internos da nova empresa, termos técnicos em outra língua, conhecer as personalidades dos colegas de trabalho e acima de tudo se posicionar de maneira a obter o respeito dos empregadores e outros funcionarios nao é uma missao impossivel mas também de simples e facil nao tem nada!
Falando um pouco de mim, devo ressaltar que: trabalho em industria e acredito que nao importa em que país, trabalhar em fabrica é peso pesado... na maioria dos casos (como é o meu) é um ambiente de muita pressao e majoritariamente masculinizado (meu vocabulario que o diga, eu ja tive melhores modos meu Deus!). Entao, onde eu trabalho (acredito que isso é maioria por aqui), temos meia horinha pro almoço, isso mesmo, 30 min, nada de 2h pra ir em casa, comer, tirar um cochilo e voltar pro trabalho como eu fazia antes (ai isso eu sinto uma faalta)... cada um leva seu almoco e por conta de ter tao pouco tempo, quase ninguem leva comida "de verdade", sempre é um sanduiche, uma fruta, iogurte, coisa leve... isso eu tive que mudar também porque meu amigo, bater um PF de arroz, bife e feijao num intervalo de 30 e voltar pro rush, nao rola...ainda mais que eu faço 10h de trabalho por dia, o que me da a sexta livre, pseudo livre, durou pouco tempo a minha liberdade... agora na sexta trabalho em uma outra fabrica e tome la mais 8h... rapadura é doce mas nao é mole nao, mas eu nao reclamo, afinal sou abençoada de ter dois empregos na minha area!
Outra diferença sao as famosas FÉRIAS, aqui pra tristeza de qualquer brasileiro, temos 2 semanas somente, nao tenho certeza mas parece que depois de alguns anos, passamos a ter direito a 3... no meu caso e no de Fred temos sorte porque em dezembro paramos 2 semanas de qualquer jeito, entao no fim das contas terminamos ficando com as sonhadas 4 semanas de ferias, embora nao sejam no mesmo período.
Salario aqui (depende da empresa) mas em geral se recebe a cada semana ou quinzena... e o empregado recebe por hora trabalhada, por isso que ninguem brinca em serviço literalmente, se nao trabalha nao ganha camarada...
Com relaçao ao seguro desemprego, seguro maternidade e seguro saúde (ou doença como é o caso), eu ainda nao sei muito bem como funciona, só o último porque precisamos fazer uma demanda pelas duas semanas que Fred ficou de atestado, tudo muito simples, apenas com duas desvantagens, demorou umas 3 semanas pro dinheiro sair e foi cerca de 70% do valor do salario dele, ou seja, é bom sempre ter uma reserva pra nao ser pego de surpresa né...
Bom, no geral é por aí,  uma vantagem grande de trabalhar, além do salário, satisfaçao pessoal, etc... é o ganho de aprender a língua rápido (método ou vai ou racha) o que no nosso caso fez toda diferença!
Até a próxima!
Bjs, Luh

This entry was posted on 3/31/2012 and is filed under . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

3 comentários:

On 31 de março de 2012 19:19 , Tania Vianna disse...

Puxa, quanto tempo não vejo vcs. postarem.... muito bom..
Caramba que bacana, vc com dois empregos, isso é uma baita realização, Parabéns... Abçss...

 
On 28 de abril de 2012 20:22 , Anônimo disse...

Achei o blog de vcs demais! Eu também sou jornalista e publicitário e estou pensando em trabalhar aí. Vcs indicam essa mudança de país? Vale a pena? Como vcs saíramd aqui com empregos certos?
Abs,
Junior

 
On 30 de abril de 2012 18:38 , Luhana disse...

Oi Junior bgada pela visita no blog, espero que tenhas sucesso nessa caminhada... eu nao gosto nem tenho o direito de indicar a mudança de pais mas posso dizer que foi uma das melhores decisoes que ja tomamos em nossas vidas, mas nada aconteceu assim do nada simplesmente, é preciso fazer por onde...
Quanto ao emprego, nao chegamos aqui com emprego certo, pelo contrario, chegamos literalmente sem lenço e sem documento, mas as coisas foram aos poucos se estruturando e nosso Papai do ceu nao nos abandonou e tem nos guiado até hj!
Grande abraço